top of page

"A 7º edição do Festival chega, mais uma vez, pontualmente em nosso calendário. O mês de julho é bem aguardado por aqui, depois que florescem os ipês, florescem também as mais variadas impressões acerca desta festividade.

Temos sentido, com mais frequência, uma presença de pessoas que querem conversar sobre o que foi visto, que querem tecer críticas, que confessam - sem pudor -  suas sensações com estranhos na rua ou numa fila, correndo o risco de serem, deliciosamente, apontadas como sensíveis e arrebatadas. 

Há também os silenciosos, aqueles que implodem, mas não abrem a boca para não macularem o que foi apreendido, que sem contar nada a ninguém, caminham de volta pra casa imaginando outras possibilidades, criam uma verdadeira revolução na carne do dia a dia. 

Pessoas, honestamente, se arriscando no exercício de serem atravessadas, por todos os poros, por um novo enfrentamento: Permitir que o Teatro se torne espelho, mas que reflita lugares não visitados!

Assim floresce, mais uma vez, o Festival. Sempre na promessa de novos encantos, sempre anunciado dias de som, descobrimento, luz e fúria."

Maurílio Romão
Idealizador e Coordenador Geral
do Festival Nacional de Teatro de Passos e Região

bottom of page